10 histórias incríveis de pessoas que acharam coisas perdidas – Tudo do Bem
  • 10 histórias incríveis de pessoas que acharam coisas perdidas

    Não há nada mais chato do que perder algo que gostamos ou precisamos. Pode ser a carteira, uma jóia ou até um livro. Mas o fato é que nem São Longuinho dá jeito de achar certas coisas. Ficam só na memória, até o dia em elas resolvem aparecer à nossa frente, como um pequeno milagre.

    CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

    O leitor mais atento deve lembrar que, na semana passada, o TUDO DO BEM publicou a história de uma senhora que perdeu seu anel de noivado na horta e o encontrou 13 anos depois, em uma cenoura. O caso era apenas a ponta do iceberg.

    Agora, o site “Bored Panda” garimpou as redes sociais e separou algumas histórias inacreditáveis de pessoas que achavam ter perdido algo para sempre. Ao menos até serem surpreendidas pelo destino. Vamos ao top ten:

    Abriu o piano e encontrou brinquedos de infância, do jeitinho que havia deixado. Sempre é bom achar boas lembranças.

     

    Um senhor pendurou seus patins de gelo em uma árvore e acabou esquecendo. Anos depois, eles apareceram desse jeito.

     

    Não é história de pescador. Um policial americano perdeu sua carteira num lago. Vinte anos depois, ela foi encontrada por amigos em pescaria.

    VEJA TAMBÉM: Inspire-se e comova-se com 25 antes-e-depois de pessoas que venceram o câncer

    O pai de uma usuária do Facebook havia perdido seus óculos havia dois anos. Veja só onde ele os encontrou.

     

    Achar moedas é uma coisa. Agora, olha o que esse pessoal encontrou no carro após 18 anos de “economias”.

     

    Depois de perder um livro cinco anos antes, uma professora acabou comprando exatamente o mesmo exemplar pela internet.

    VEJA TAMBÉM: Garotos colocam os ombros de fora para protestar contra código de vestimenta em escola

    Quando encontramos aquela blusa preferida, que achávamos estar para sempre perdida. E ela ainda serve como uma luva.

     

    Ele perdeu o celular em fevereiro, no auge do inverno no hemisfério norte. Seu amigo o achou congelado na entrada de sua casa. E ainda funciona!!!

     

    A garota foi para Fiji há 14 anos, quando ainda era criança, e ficou amiga de um motorista de táxi. Acabaram perdendo contato depois que ela voltou para a Europa. Na semana passada, voltou para Fiji. Veja só quem ela encontrou.

    VEJA TAMBÉM: Como Jerry Lewis arrecadou mais de R$ 6 bilhões para a caridade ao longo de 40 anos

    Perdeu as chaves da casa e do carro. E nem pensou em perguntar para seu filho se sabia onde elas estavam.

     

     

  • arrow