Funcionária do século: americana de 94 anos comemora 44 de trabalho no McDonald’s

Loraine Maurer trabalha atrás do balcão da mesma lanchonete há quase meio século. Mas, mesmo aos 94 anos, ela não pensa em se aposentar. E o mais incrível é que, no caso desta simpática senhorinha americana, a vontade de entrar para o mercado de trabalho só surgiu quando ela completou 50 anos, em 1973 — uma idade considerada bem avançada por muitos empregadores.

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

“Falei para meu marido que éramos muito novos para ficarmos em casa, por isso saí atrás de um emprego”, disse Loraine à rede de TV americana ABC. Ela também conta que, quando surgiu a oportunidade de trabalhar em uma unidade da rede McDonald’s na pequena cidade de Evansville (Indiana), encarou o trabalho como algo passageiro. E lá se vão 44 anos de serviço.

VEJA TAMBÉM: Beleza à prova do tempo: “Playboy” convida coelhinhas para reeditar capas clássicas

Loraine ficou viúva em 1980. Desde então, sua vida gira em torno dos quatro filhos, da igreja e de seu emprego na lanchonete. Segundo ela, o trabalho serviu como um alicerce no momento mais difícil de sua vida. “Os clientes ajudaram muito. Eles praticamente salvaram minha vida quando perdi meu marido.”

Neste ano, os donos da lanchonete celebraram os 44 anos de trabalho de Loraine (fotos abaixo). Afinal, a funcionária tem muitos clientes fiéis, que vão até lá especialmente para vê-la. Alguns até esperam para levá-la para casa ao final do seu turno.

VEJA TAMBÉM: Americano de 98 anos doa US$ 2 milhões para criação de santuário ecológico

Loraine trabalha apenas às sextas e sábados, servindo o café da manhã. Para cumprir a missão, levanta da cama às 3h da madrugada e chega ao McDonald’s às 5h. “Eu sentiria muita falta do trabalho se parasse, não quero ficar deprimida. Espero ansiosa pela hora de ir trabalhar. Não é um emprego, eu realmente gosto do que faço”, afirma. Uma lição a ser aprendida.

arrow