Artista usa saquinhos de chá como telas — e o resultado é fantástico

Há quem diga que a grande missão de todo artista é encontrar sua própria voz. Um olhar, uma ideia, um novo meio de expressão podem ser determinantes para transformar um apaixonado por arte em um profissional respeitado.

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

Vejamos o caso da filipina Ruby Silvious (foto abaixo). No início de 2015, a artista plástica lançou o projeto “363 Days of Tea” (“363 Dias de Chá”). Ao longo desse período, ela reutilizou saquinhos de chá como telas para suas pinturas e colagens.

VEJA TAMBÉM: Mergulhador encara mar de lixo plástico nas águas de Bali

“É um processo que envolve muita paciência e treino”, afirma Ruby em um dos seus posts no Instagram. A rede social é o principal meio de distribuição e exposição do trabalho da filipina, mas sua arte já foi exibida em galerias no Japão e na França.

VEJA TAMBÉM: Whisky vira “Jane Walker” para celebrar o empoderamento feminino

Suas pequenas obras misturam elementos de clássicos da pintura, pop artcitações ao mundo contemporâneo. Um liquidificador de referências capaz de gerar peças de apelo fácil e compreensão universal. O projeto ainda virou um livro, disponível para compra online. 

Fique com algumas das obras de Ruby Silvious e aprecie o talento da artista.

VEJA TAMBÉM: Esquiador americano resgata 90 cães de abatedouro na Coreia do Sul

VEJA TAMBÉM: Vídeo – canadense entra em lago congelado para salvar cachorro

  • arrow