Bebês prematuros ganham “formatura” ao deixar a UTI neonatal de hospital americano

Depois que um bebê nasce, os pais querem levá-lo logo para casa. Infelizmente, para muitas famílias a espera por esse momento pode ser bem longa. Estima-se que a cada ano, no mundo todo, cerca de 15 milhões de partos são prematuros. O período passado na UTI neonatal é geralmente muito desgastante, não só para os pais, mas para a própria criança.

Por isso mesmo. o dia em que são finalmente liberados, deve ser muito celebrado. Para tornar esse momento ainda mais especial, uma enfermeira de um hospital na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, resolveu organizar pequenas cerimônias de formatura para esses pequenos heróis.

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

Melissa Jordan, enfermeira há oito anos (foto acima), convive diariamente com a ansiedade e expectativa dos pais e com a luta desses pequeninos . Ela sempre acreditou que o instante em que são levados para casa é tão importante quanto o dia que nasceram, e, por isso, teve a idéia de “graduá-los”. O estúdio de fotografia Bella Baby registrou uma série desses momentos, que você vê nesta página, e as imagens logo viralizaram nas redes sociais.

VEJA MAIS: Mãe transforma pratos em obras de arte para fazer a filha gostar de comer

“Como enfermeira de uma UTI neonatal você se torna uma pessoa próxima não só dos pacientes, mas também de suas famílias”, contou Melissa ao jornal Huffington Post. “Alguns bebês ficam no hospital um ou dois meses, então é fácil criar laços afetivos com todos os envolvidos.”

VEJA MAIS: Dave Grohl chama filha ao palco e mostra que é o pai mais bacana do rock — vídeo

A maior inspiração de Melissa foi o pequeno Wyatt, um menino que nasceu com apenas 28 semanas de gestação. Quando ele finalmente recebeu alta, a enfermeira fez um pequeno chapéu de formando com os dizeres “Graduado em UTI”. Quando os pais do garoto chegaram para pegá-lo, as enfermeiras cantaram e transformaram aquele dia em algo super especial para a família do pequeno guerreiro. “Os pais de Wyatt sorriam de orelha a orelha, aquilo me trouxe uma alegria imensa”, lembra Melissa. “Eu queria continuar a fazer os pais sorrirem daquele jeito.”

VEJA MAIS: Professor carioca toca violão para os alunos durante tiroteio e vídeo viraliza no Facebook

Até agora, o Hospital CaroMont realizou cerimônias de formatura para 14 bebês, incluindo três pares de gêmeos. Melissa conta que, a cada dois meses, vai a uma loja de artesanato e compra papel, cartolina, cola e fitas para fabricar os pequeninos chapéus. No tão esperado dia, o formando recebe seu minúsculo capelo e a pequena cerimônia é realizada.

Para pais dos pequenos formandos a idéia é um sucesso. Para eles é o fim de uma jornada e o início de outra. Uma data que deve ser muito comemorada. Para sempre.

arrow