Fotógrafo guarda seu lixo por 4 anos para criar ensaio poderoso sobre o consumismo

Ao longo de quatro longos anos, o fotógrafo francês Antoine Repessé guardou todo o lixo reciclável que produziu em sua casa. Tudo em nome da arte. E para provar um ponto importantíssimo nestes tempos de consumismo desenfreado: nosso voraz apetite por produtos de todo tipo é um dos maiores vilões na luta por um planeta saudável.

O projeto acumulou 70 metros cúbicos de lixo, incluindo 4.800 rolos internos de papel higiênico, 800 quilos de papel-jornal e 1.600 garrafas de leite, entre outros dejetos. Para criar suas imagens, Repessé espalhou o material cuidadosamente em cenários cotidianos e escalou alguns amigos como modelos. Sua ideia era mostrar que o lixo que criamos segue sempre conosco, mesmo depois de nos desfazermos dele.

Confira abaixo as poderosas imagens criadas pelo fotógrafo francês.

VEJA TAMBÉM: Alemã fotografa pessoas comuns com e sem roupa para mostrar que, no fundo, somos todos iguais

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

VEJA TAMBÉM: 9 ex-membros de gangues de rua têm suas tatuagens apagadas para derrubar estereótipos

VEJA TAMBÉM: Beleza à prova do tempo: “Playboy” convida coelhinhas para reeditar capas clássicas

arrow