Fotógrafo registra raríssima “soneca” de baleias cachalotes no mar do Caribe

Por décadas, a imagem das baleias cachalotes esteve conectada ao clássico “Moby Dick”, romance escrito em 1851 pelo autor norte-americano Herman Melville. Há muito, porém, o cetáceo deixou de ser considerado uma besta mítica. O maior mamífero com dentes do planeta Terra é hoje um dos símbolos mais poderosos do conservacionismo, depois de ser caçado indiscriminadamente até os anos 1970.

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

Enquanto mergulhava nas águas do Caribe, o premiado fotógrafo submarino suíço Franco Banfi teve o privilégio de registrar um dos comportamentos mais raros do cetáceo: uma “soneca” coletiva e vertical.

Conforme as imagens desta página revelam, os cachalotes reúnem-se e simplesmente mergulham em um sono (ou seria transe?) grupal. Segundo estudos, os mamíferos costumam passar cerca de 7% das suas vidas na posição, com os olhos cerrados, em curtos intervalos de 6 a 24 minutos. As razões para o ritual sincronizado seguem um mistério para a ciência.

As impressionantes fotos abaixo falam por si.

VEJA TAMBÉM: 9 retratos revelam a serenidade e a beleza de cães idosos

VEJA TAMBÉM: Banhistas formam corrente humana e salvam família de afogamento na Flórida

arrow