Garotos colocam os ombros de fora para protestar contra código de vestimenta em escola

No primeiro dia de aula no colégio San Benito High School, em Hollister, na Califórnia (EUA), cerca de cinquenta garotas e dois garotos foram mandados para a diretoria por infringirem o código de vestimenta da escola (foto abaixo). E qual foi o erro? Camisetas sem ombro.

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

VEJA TAMBÉM: Como Jerry Lewis arrecadou mais de R$ 6 bilhões para a caridade ao longo de 40 anos

Apesar da regra existir há algum tempo, os alunos ficaram surpresos, já que nunca ninguém havia levado isso tão a sério. Na verdade, como alguns estudantes mostraram depois do ocorrido, muitas garotas aparecem em fotos oficiais da escola vestindo esse tipo de camiseta.

Então, reconhecendo o absurdo da proibição, alguns garotos resolveram não só protestar como também defender o direito das meninas de colocarem os ombros à mostra. Para demonstrarem seu total apoio às garotas, os rapazes foram para a escola vestindo o tipo de peça que elas foram proibidas de usar.

VEJA TAMBÉM: Fotos inéditas do mercado La Boqueria, em Barcelona, mostram o prazer de viver catalão

Apesar dos marmanjos ficarem engraçados vestindo tops femininos, a mensagem foi clara. “Muitas pessoas querem enfatizar a parte masculina nesse protesto, mas isso tudo é sobre machismo contra as mulheres”, disse Andrei Vladimirov, um aluno da escola San Benito, à revista norte-americana “Teen Vogue”.

“As mulheres deveriam vestir o que quisessem, sem serem sistematicamente vistas como objetos, como se não tivessem controle sobre si mesmas”, conclui o jovem. O recado está dado.

VEJA TAMBÉM: Maquiadora russa renova o visual da própria avó e vídeo com a transformação viraliza

 

 

arrow