Mural em homenagem ao vocalista do Linkin Park emociona fãs e viraliza na web

O suicídio de Chester Bennington, no último dia 20 de julho, entrou para a história do rock como um dos seus episódios mais tristes. O vocalista do Linkin Park é mais um nome de peso a ingressar na mais trágica lista da música contemporânea, um rol que já contabilizava gênios como Ian Curtis — letrista e vocalista do Joy Division, morto em 1980 —, Kurt Cobain e Chris Cornell, ex-vocalista do Soundgarden e do Audioslave. O último, diga-se, era um dos melhores amigos de Bennington e acabou com a própria vida há pouquíssimo tempo, em 18 de maio deste ano.

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

Como sempre acontece em momentos como esse, os fãs mais devotos do Linkin Park inundaram a web com homenagens ao vocalista da banda. Mas poucos tributos a Bennington conseguiram emocionar seu público quanto o belíssimo mural criado pelo grafiteiro Jonas Never, um talentoso artista gráfico de Sherman Oaks, na Califórnia.

VEJA TAMBÉM: Família passa a usar capacetes para apoiar bebê de 4 meses

Depois de quase uma semana de trabalho, ele criou um retrato que traduz toda a serenidade por trás da fúria que o líder do Linkin Park exibia nos palcos. Em entrevista ao site da revista “Variety”, Never disse que quis eternizar Chester “sorrindo, bem reconhecível, com todas as suas tatuagens à mostra”.

VEJA TAMBÉM: George Clooney, Elton John e outros astros unem forças por promessa de Chris Cornell

 

arrow