Policiais levam bêbado para casa e fazem selfie para que ele aprendesse uma lição

Você acorda e tudo está embaçado. Então, esfrega bem os olhos e uma grande sensação de alívio lhe atinge. “Ufa, estou em casa! Mas, espera um pouco, como foi que eu chegei aqui?” A cabeça latejando indica que a bebedeira foi um pouco além da conta. E logo pinta aquela velha promessa, inspirada pela ressaca-monstro: “Nunca mais bebo desse jeito de novo.”

O jovem australiano Reece Park saiu de casa no último dia 27 de Maio com planos de encher a cara, e, pelo que tudo indica, foi muito bem sucedido. Mas o que ele não poderia imaginar é como o final daquela noitada daria o que falar nas redes sociais.

VEJA TAMBÉM: Nova matilha de cães policiais derrete corações (inclusive da bandidagem)

Tudo começou quando os policiais Natalie Siggins e Jeremy Blyth receberam o chamado de um motorista de táxi. No banco traseiro do carro, um passageiro dormia como um bebê, embalado por doses cavalares de álcool. Os policiais acabaram descobrindo o endereço de Park e levaram o rapaz para casa.

“Às vezes, os amigos embarcam alguém embriagado em um táxi achando que o sujeito vai chegar bem em casa”, contou Siggins ao jornal “Sunrise”, um dos maiores da Tasmânia. “Infelizmente, muitos deles acabam na mesma situação de Park”, conclui a policial.

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

Até aí, tudo bem. Mas a dupla de policiais sentiu-se na obrigação de ajudar o bêbado um pouco mais. Para que ele conseguisse se lembrar de como tinha chegado até a cama, Siggins e Blyth pegaram o celular de Park e tiraram uma selfie em em seu quarto, com o rapaz ao fundo.

“No dia seguinte, eu estava dando uma olhada no meu celular e apareceram essas fotos malucas que os caras tiraram depois de me levarem para casa. Mitos!”, postou Park em sua página no Facebook. A imagem viralizou rapidamente. Na sequência, a própria polícia da Tasmânia reproduziu o post na rede social, aproveitando para dar algumas dicas para quem pretende beber um tantinho a mais.

VEJA TAMBÉM: 9 ex-membros de gangues de rua têm suas tatuagens apagadas para derrubar estereótipos

Conforme explicou o sargento Craig Fox, da polícia local, as pessoas devem usar o transporte público ou designar alguém sóbrio para ser o motorista da noite. “Antes de beber, planeje como vai para casa depois”, postou o policial. E a lição, diga-se, serve para os bebuns do mundo inteiro.

Em tempo: Park teve a chance de se encontrar com seus novos amigos em um programa de TV e agradecer pelo que eles haviam feito por ele.

  • arrow