Policiais são chamados para desobstruir uma rua e acabam entrando em uma grande brincadeira

Quando a viatura da polícia estacionou em um bairro de Asheville, Carolina do Norte (EUA), onde rolava uma festa para comemorar o feriado nacional de 4 de Julho, as crianças tiveram certeza que a diversão iria acabar. Ledo engano.

Na última terça-feira, os Estados Unidos comemoraram o seu Dia da Independência. É uma data muito celebrada por lá, e um grupo de vizinhos resolveu organizar uma festa no bairro. No auge do verão, o dia quente pedia algo especial. Um gigantesco escorregador de água foi a melhor ideia.

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

Mas, infelizmente, sempre tem alguém querendo azedar a festa. Um vizinho descontente resolveu chamar a polícia para reclamar. Só que ninguém poderia imaginar o que aconteceria depois. Quando os policiais Carrie Lee e Joe Jones chegaram ao local, o pessoal teve certeza de que era o fim da diversão. Na verdade, ela estava apenas começando.

“Não se preocupem, nós não estamos aqui para acabar com a brincadeira”, disse Lee. “Recebemos um chamado sobre uma rua que estava sendo bloqueada. Então, aqui estamos.” Depois de darem uma olhada no escorregador, os dois chegaram à conclusão de que não havia problema algum. Afinal, ele não estava bloqueando a passagem e, caso uma emergência acontecesse, não haveria nenhum problema para um veículo trafegar pela via.

Mas, antes de ir embora, a policial Lee fez um pedido às crianças: “Vocês podem me dar um desses sacos plásticos?” Para surpresa geral, ela saiu escorregando rua abaixo. E aí Jones foi desafiado a também embarcar na brincadeira.

VEJA TAMBÉM: Conheça a história do homem que só adota crianças em estado terminal

Como o policial de quase dois metros de altura não cabia em um saco plástico, um barquinho inflável foi logo providenciado. E lá foi ele, deslizando, do começo ao fim do escorregador. Segundo testemunhas, Jones foi o único que conseguiu cumprir todo o trajeto.

VEJA TAMBÉM: Policial adota garoto depois de resgatá-lo de lar onde sofria maus-tratos

A brincadeira foi parar no Facebook e viralizou com força. De fato, é difícil não sorrir vendo as imagens que ilustram esta página. Resta saber se o vizinho que quis acabar com a festa não ficou morrendo de vontade de dar uma escorregadinha também.

arrow