Centro estadual de DST/Aids inicia testes de vacina inédita contra o HIV – Tudo do Bem

Centro estadual de DST/Aids inicia testes de vacina inédita contra o HIV

Mortalidade por Aids cai 39% no Estado de São Paulo na década



O Centro de Referência e Treinamento (CRT) DST/Aids-SP deu início aos testes da primeira vacina para prevenção da infecção pelo HIV, vírus da imunodeficiência humana e causador da Aids.

+Covid-19: Anvisa muda regras para uso emergencial de vacina
+Senado da Argentina aprova aborto legal
+Arqueólogos descobrem ruínas de fast-food da antiguidade

As inscrições estão abertas para 136 voluntários e ocorrerão na Casa da Pesquisa do CRT (veja informações sobre as inscrições e critérios de seleção abaixo).

O estudo utiliza como vetor da vacina o “Adenovírus 26”, um vírus inofensivo aos seres humanos. Os voluntários precisam tomar quatro doses da vacina e a expectativa é que, a partir da primeira dose, o organismo já comece a produzir os anticorpos necessários para defesa contra o HIV.

As três primeiras doses têm um intervalo de aplicação a cada três meses. Já a última dose tem um intervalo de seis meses.

Os participantes da pesquisa podem apresentar sinais e sintomas leves e gerais que podem ocorrer após a administração de uma vacina ou injeção com placebo, como febre, calafrios, erupção cutânea, mialgia, náusea/vômito, cefaleia, tontura, artralgia, coceira e fadiga. Todos os efeitos adversos, que geralmente são de curto prazo e não exigem tratamento, serão monitorados e acompanhado por equipe médica especializada.

O estudo internacional “Mosaico”, acontecerá também em outros países como Argentina, Itália, México, Peru, Polônia, Espanha e Estados Unidos, e tem cerca de 3,8 mil voluntários no total.

Inscrições

Para se inscrever os interessados devem acessar www.pesquisamosaico.com.br ou as redes sociais @pesquisacrt. Só serão aprovados os candidatos considerados vulneráveis ao vírus para este estudo: homens cisgêneros (que se identificam com o sexo biológico com o qual nasceram) que se relacionam sexualmente com homens cisgêneros, e mulheres e homens trans com vida sexual ativa. Além disso, é necessário ter entre 18 e 60 anos e ser HIV negativo.

Não podem participar pessoas que:

– Tomaram vacinas contra qualquer doença nos últimos 28 dias;
– Participaram de estudos de vacinas experimentais nos últimos dois meses;
– Receberam transfusão de sangue nos últimos três meses;
– Candidatos com alergias ou histórico de anafilaxia (reação alérgica aguda com risco de morte) a vacinas não podem participar;
– Pessoas que vivem com o vírus HIV, mesmo que a carga viral seja indetectável.

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada



  • arrow