Cientistas indianos criam insulina que dispensa refrigeração - Tudo do Bem

Cientistas indianos criam insulina que dispensa refrigeração

Cientistas indianos anunciaram o desenvolvimento da primeira variante de insulina que dispensa refrigeração. A criação desta variante termoestável foi possível graças à introdução de uma matriz de quatro moléculas de aminoácidos peptídeos, que permitem à nova insulina suportar temperaturas de até 65° C. Atualmente, a insulina precisa ser armazenada a temperaturas entre 2° C e 8° C. A exposição a temperaturas mais altas por longos períodos torna o produto ineficaz. A expectativa dos pesquisadores é que conseguir investidores interessados em produzir o novo tipo de insulina.

Pesquisadores indianos anunciaram o desenvolvimento da primeira variante de insulina que dispensa refrigeração.

+ Parque dos EUA apresenta finalistas do The Fat Bear Week
+ Homem cria ONG para doar motorhomes a vítimas de incêndio
+ Retratos europeus mais antigos de homens negros serão expostos juntos por museu dos Países Baixos

A criação desta variante termoestável foi possível graças à introdução de uma matriz de quatro moléculas de aminoácidos peptídeos, que permitem à nova insulina suportar temperaturas de até 65° C.

Atualmente, a insulina precisa ser armazenada a temperaturas entre 2° C e 8° C. A exposição a temperaturas mais altas por longos períodos torna o produto ineficaz. A expectativa dos pesquisadores é que conseguir investidores interessados em produzir o novo tipo de insulina.

  • arrow