Com doença rara, mulher fala “eu te amo” pela 1ª vez por meio de um computador – Tudo do Bem

Com doença rara, mulher fala “eu te amo” pela 1ª vez por meio de um computador

Com doença rara, mulher fala "eu te amo" pela 1ª vez com computador



A britânica Pauline Worrall, 36 anos, pôde pela primeira vez na vida dizer “eu te amo” para a sua mãe, Judith, 64, graças ao uso de um computador.

Pauline foi diagnosticada aos 2 anos de idade com a Síndrome de Rett, doença rara que afeta o desenvolvimento do cérebro e provoca uma degeneração progressiva da capacidade motora e de comunicação por fala. Desde então, usa uma cadeira de rodas e conseguia se expressar apenas por algumas poucas expressões faciais.

+Suíços criam técnica para fígado sobreviver fora do corpo

+Sozinho, pai transforma sala de casa em parque de diversões para o filho

+Parque da Nintendo vai levar visitantes para “dentro” dos jogos

Após juntar 9.000 libras (cerca de R$ 48.600), a família conseguiu comprar um computador capaz de converter os movimentos dos olhos em fala. O equipamento é parecido com o que o físico Stephen Hawking, morto em 2018, usava para se comunicar.

O aparelho usa luz infravermelho para seguir o olhar e possibilitar o controle de um cursor, que permite a escolha de palavras ou letras em uma tela. O sistema então converte a mensagem em voz.

Segundo Judith, em entrevista ao jornal Daily Mail, o equipamento tem permitido que Pauline se comunique com a família e até faça piadas usando o computador.

Join the Discussion

Your email address will not be published. Required fields are marked *

  • arrow