Filhotes gêmeos de anta são descobertos pela 1ª vez na natureza - Tudo do Bem

Filhotes gêmeos de anta são descobertos pela 1ª vez na natureza

Filhotes gêmeos de anta são descobertos pela 1ª vez na natureza

Dois filhotes gêmeos de anta foram registrados pela primeira na história em seu habitat. A descoberta da espécie, ameaçada de extinção, aconteceu na Reserva Particular do Patrimônio Natural Trápaga, em São Miguel Arcanjo (SP). Inicialmente, os animais foram vistos por um grupo de pesquisadores do Programa Grandes Mamíferos da Serra do Mar, em dezembro do ano passado, por meio de um vídeo (confira abaixo) que registrou as antas gêmeas por um equipamento fotográfico instalado na reserva.

+Menino de 12 anos vai se formar no Ensino Médio e na faculdade na mesma semana
+Arqueólogos descobrem 110 novas tumbas do Antigo Egito
+Cris Carneiro: talento e experiência no jornalismo brasileiro
+Covid-19: Ministério da Saúde inclui gestantes em prioridade de vacinação

A confirmação só foi possível em janeiro deste ano, depois de outros registros em imagem e observação direta, ou seja, vendo os animais presencialmente. Para assegurar que se tratava de animais gêmeos, os pesquisadores utilizaram marcas naturais para identificar cada indivíduo.

Um dos filhotes, por exemplo, tem um pequeno corte na orelha, o outro tem uma protuberância no nariz. Outras características ajudam nessa identificação: formato e tamanho de cauda, cor do pelo, formato corporal, tamanho e formato da genitália, tamanho de cabeça, presença de pintas brancas nas pernas e barriga, cicatrizes. Apesar da descoberta de antas gêmeas em habitat, o registro não é inédito em cativeiro no Brasil.

*Com Agência Brasil

  • arrow