Finlândia quer aumentar licença paternidade para sete meses – Tudo do Bem

Finlândia quer aumentar licença paternidade para sete meses



O governo da Finlândia estuda aumentar para sete meses o período de licença paternidade, o mesmo período que é concedido para as mães no país.

+Fotógrafo registra amor da avó pelo seu cachorro
+Artista cria obras de arte usando pedras
+Bebê fica famosa ao nascer às 20h02 de 2/2/2020

No curto prazo, o objetivo da medida é lidar com as taxas de natalidade em declínio do país. Já no longo prazo, o objetivo é que isso resulte em condições de trabalho e remuneração mais parelhas entre homens e mulheres.

A proposta ainda é mesmo radical do que a legislação em vigor na Suécia, onde pai e mãe têm direito a até 16 meses de licença remunerada, período que pode ser prorrogado em caso de nascimento de gêmeos.

No sentido oposto, os Estados Unidos são um dos poucos países desenvolvidos sem uma legislação do tipo: apenas 15% dos trabalhadores tinham acesso à licença remunerada até março de 2017.

  • arrow