Jovem que registrou últimos momentos de George Floyd ganha Pulitzer - Tudo do Bem

Jovem que registrou últimos momentos de George Floyd ganha Pulitzer

Jovem que registrou últimos momentos de George Floyd ganha Pulitzer especial

O conselho responsável pelo Prêmio Pulitzer, uma das premiações mais prestigiosas do jornalismo nos Estados Unidos, concedeu na última sexta-feira (11) uma citação espacial para Darnella Frazier, jovem que em maio de 2020 registrou em vídeo os últimos instantes de vida de George Floyd, que acabou assassinado durante uma abordagem policial.

+ Jardim Botânico do RJ ganha trilha entre sítios arqueológicos
+ SP irá distribuir itens de higiene menstrual para estudantes da rede estadual
+ Cruzeiro temático de Friends irá zarpar em 2022
+ Artista transforma parede em coleção de LPs gigantes; entenda

“Mesmo que que esta tenha sido uma experiência traumática, eu tenho orgulho de mim mesma. Se não fosse pelo meu vídeo, o mundo não teria descoberto a verdade”, comentou Darnella em um post na sua conta no Instagram.

Darnella, hoje com 18 anos, tinha 17 quando registrou as imagens que correram o mundo, do então policial Derek Chauvin apoiando os joelhos sobre o pescoço de Floyd, que já estava rendido e repetia a todo momento que não estava conseguindo respirar.

As imagens feitas pela jovem serviram de prova para contradizer o posicionamento oficial da polícia de Minneapolis, no estado americano de Minnesota, de que a morte de Floyd teria sido acidental. Em abril, Chauvin foi considerado culpado pela morte de Floyd. A sua sentença será conhecida na próxima quarta-feira (16/6).

  • arrow