Lego vai trocar embalagens de plástico por sacos de papel – Tudo do Bem

Lego vai trocar embalagens de plástico por sacos de papel

Lego vai trocar embalagens de plástico por papel



Com o objetivo de acelerar a adoção de práticas mais sustentáveis, a fabricante de brinquedos dinamarquesa Lego anunciou que vai iniciar a substituição das embalagens plásticas usadas para armazenar as peças. Os primeiros testes serão feitos com embalagens de papel.

+Após perder desafio, Dave Grohl cria música para baterista mirim
+Artista transforma alfabeto em personagens de desenho animado
+Homens pré-históricos teriam aprendido a cozinhar antes da descoberta do fogo

“Nós temos recebido muitas cartas de crianças preocupadas com o meio ambiente, nos pedindo para acabarmos com as embalagens de plástico. Nos temos testado algumas alternativas e a paixão e ideias oferecidas pelas crianças nos inspiraram nessa mudança”, comenta o CEO da Lego, Niels B Christiansen, em um comunicado divulgado pela empresa.

O objetivo é que até 2025 todos os produtos da empresa sejam comercializados em embalagens sustentáveis. O prazo é necessário pois não se trata de uma fácil substituição, já que as substitutas das embalagens de plástico precisam ser, ao mesmo tempo, leves e duráveis.

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ No Twitter, aparecem fotos do navio que transportou nitrato de amônio para Beirute

+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada

+ 5 minissuculentas que vão trazer muito charme à sua casa

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Sylvester Stallone coloca seu Cadillac Escalade personalizado à venda; confira!

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo

  • arrow