OSC Vocação lança campanha para mitigar a fome de famílias em situação de vulnerabilidade - Tudo do Bem

OSC Vocação lança campanha para mitigar a fome de famílias em situação de vulnerabilidade

OSC Vocação lança nova campanha para mitigar a fome de famílias em situação de vulnerabilidade



A Vocação, Organização da Sociedade Civil (OSC), está lançando a campanha “Alimentando Esperança” junto a apoiadores para beneficiar, durante três meses, 1.026 famílias atendidas pelas 13 organizações da sociedade civil parceiras da Vocação. O objetivo principal é mitigar a fome que vem crescendo desde o início da pandemia entre famílias que moram em favelas.

+Ford encontra mais de R$ 570.000 em couro numa fábrica que será demolida
+Marissol Pedroza, modelo conhecida como Kiarablay, é sensação na internet e na Europa
+Professor leva crianças para passeio virtual em zoológico

A meta da campanha é arrecadar R$ 340 mil para compra de cestas básicas de alimentos que serão distribuídas nas comunidades da zona Sul de São Paulo, região em que a Vocação atua há 54 anos. Com essa ação, pretendemos garantir a sobrevivência de milhares de famílias que estão em situação de vulnerabilidade e risco.

De acordo com pesquisa realizada pelo Data Favela — parceria entre a Central Única de Favelas (Cufa) e o Instituto Locomotiva — atualmente, uma família faz, em média, menos de duas refeições por dia. E, segundo esse estudo, oito em cada dez famílias nas favelas dependem de doações para sobreviver.

A ideia é que essa cesta básica que a Vocação e parceiros vão doar ajude a matar a fome e também possa alimentar a esperança dessas famílias que estão desoladas.

Por isso, além de comida, a campanha “Alimentando Esperança” vai oferecer — via online, WhatsApp e outros meios de comunicação da Vocação com as famílias —cursos e informações importantes para ajudar essas famílias a superar este difícil período.

Entre os temas que serão abordados estão: enfrentamento à violência doméstica, que se agravou com a pandemia; orientações para acesso aos serviços do CRAS e do CREAS, Saúde, Conselho Tutelar e outros; ações de empreendedorismo coletivo e individual para as famílias e trilhas de formação de jovens para inclusão produtiva e educação financeira.

Essa não é a primeira vez que a Vocação cria uma campanha emergencial de enfrentamento à Covid-19. No ano passado, logo no início da pandemia, a OSC superou sua meta em apenas uma semana de campanha e com isso, conseguiu distribuir cestas básicas de alimentos para mais pessoas do que esperava atender. Ao todo, 11.680 famílias em estado de vulnerabilidade foram beneficiadas pela campanha.

“Com o acirramento da pandemia, que tem atingido médias de mortos e infectados muito maiores que no ano passado, esperamos uma grande mobilização da sociedade para que possamos mitigar a fome dessas famílias que perderam trabalho, renda e estão sem comer. Acreditamos que as pessoas e empresas que estejam informadas sobre as condições atuais de quem mora nas comunidades vão se sensibilizar e continuarão dando seu apoio para que entidades como a nossa possam agir rapidamente para oferecer suporte emergencial necessário para que essa parte da população consiga resistir a esse período tão delicado”, diz Celso Freitas, Superintendente da Vocação.

As organizações parceiras da Vocação nesta campanha são: Associação Cidadania Ativa do Macedônia (ACAM); Associação de Apoio à Criança e ao Adolescente Bom Pastor; Comunidade Missionária de Villaregia — Centro Infanto Juvenil Santa Júlia; Movimento Renovador Paulo VI — Lar Irmã Inês; C.P.D. Direitos Humanos Frei Tito Alencar Lima — C.C.A. Cidade Júlia; Associação do Parque Santa Amélia e Balneário São Francisco — C.C.A. Santa Amélia; Centro de Promoção Humana Nossa Senhora Aparecida do Jardim Pereira (Meu Abacateiro); Vocação — Unidade Icaraí; Grupo Unido pela Reintegração Infantil — Guri; Associação ProBrasil — C.C.A. Clarice Lispector; Vocação — Unidade Cidade Júlia; C.C.A. Crê-Ser e C.C.A. AMAI.

Serviço:

Para que as cestas cheguem a cada uma das famílias das comunidades atendidas pela Vocação e por sua rede de entidades parceiras, a OSC criou um crowdfunding.

As doações podem ser feitas via PIX ou na página de doação e começam a partir de 10 reais

PIX: [email protected]

Página de doação: https://www.vocacao.org.br/campanha/alimentando-esperanca

A cada R$ 110,00 reais, uma família será beneficiada.

  • R$ 110,00 para uma cesta básica e uma formação para uma família.
  • R$ 220,00 para duas cestas básicas e duas formações para duas famílias.
  • R$ 330,00 para três cestas básicas e três formações para três famílias.
  • R$ 1.100,00 para dez cestas básicas e dez formações para dez famílias.

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada



  • arrow