Pássaro voa sem escalas do Alasca para a Nova Zelândia e bate recorde - Tudo do Bem

Pássaro voa sem escalas do Alasca para a Nova Zelândia e bate recorde

Pássaro voa sem escalas do Alasca para a Nova Zelândia e bate recorde



Um fuselo é o novo detentor do recorde de voo mais longo sem escalas já feito por uma ave, depois de uma jornada de mais de 12 mil quilômetros que a levou do Alasca (EUA) até a Nova Zelândia.

+Ford abre inscrições para Programa de Estágio 2020/2021 com foco na diversidade e inclusão
+SP vai distribuir chips com internet para alunos e professores
+Artista cria grafites que interagem com a paisagem

De acordo com a Global Flyway Network, grupo conservacionista que estuda as migrações das aves, o fuselo conhecido pelo código 4BBRW levantou voo no dia 16 de setembro e foi pousar 11 dias depois, tendo percorrido uma distância total de 12.854 km, dados que foram registrados via satélite.

Segundo os cientistas, os fuselos são conhecidos por esses voos de longa distância, no qual são ajudados pelas correntes de ar do Oceano Pacífico. Ainda não se sabe como funciona o sistema de orientação dessas aves ou se elas chegam a dormir em voo.

Veja também:

+ Descubra as maiores tendências de cozinha que estão bombando em 2021

+ Cozinha afetiva: dicas e inspirações para uma decoração que exalta as memórias

+ A “Moto do Ano 2021” na Alemanha

+ Dançarina é condenada 3 anos de prisão por causa de vídeos no TikTok

+ Conheça o iate de luxo de Giorgio Armani: ele mesmo projetou e custa R$ 330 milhões

+ Cozinhas coloridas: veja dicas essenciais para apostar em projetos alegres, modernos e joviais

+ Previsões de Nostradamus para 2021: Asteróide e ‘fim de todo o mundo’

+ Bruna Lombardi posta foto nua aos 68 anos

+ Bruna Marquezine posa de biquíni no Copacabana Palace. Confira as fotos!

+ Os 3 signos mais sensitivos do zodíaco

+ Os ‘Sapatos de Satanás’ do rapper Lil Nas X conterão uma gota de sangue humano

+ O bico do seu p… é rosa? Juliana Caetano, responde a fã de maneira ousada



  • arrow