Astro da música country conta como adotou 70 cavalos que iam para o abatedouro – Tudo do Bem

Astro da música country conta como adotou 70 cavalos que iam para o abatedouro



Willie Nelson é um mito da música country. Dono de uma voz peculiarmente anasalada, cabeludo, ativista pelos direitos dos fazendeiros norte-americanos e defensor ferrenho da liberação da maconha, ele continua a subir nos palcos para shows especiais aos 85 anos. E não parece dar bola para uma possível aposentadoria, mesmo depois de 67 (!!!) álbuns gravados.

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

VEJA TAMBÉM: Crianças vão para a sala de cirurgia dirigindo minicarros em hospital dos EUA

Há poucos dias, Nelson recebeu uma equipe da rede de TV ABC em sua fazenda, no Texas, para uma entrevista. Na conversa, o cantor e violonista fez um balanço da sua carreira, falou sobre o estilo de vida tranquilo que leva hoje em dia e contou um pouco da história dos mais de 70 cavalos que vivem no local, apropriadamente batizado de Luck Ranch — ou Rancho da Sorte.

VEJA TAMBÉM: Professora cria mecanismo genial para monitorar a saúde emocional de seus alunos

“Meus cavalos provavelmente são os mais sortudos do mundo. Todos eles estavam condenados a ir para o abatedouro, mas agora eles são alimentados duas vezes por dia”, contou o cantor. Os animais, aliás, serviram de inspiração para o nome da fazenda.

Nelson também fez também de questão de lembrar que nenhum dos cavalos que pastam hoje em sua propriedade foi comprado de criadores. “Eles são cavalos felizes”, resume o astro.

VEJA TAMBÉM: ONU revela projeto de cidade flutuante para até 10.000 habitantes

A paixão de Nelson pela sua manada também virou música. Em seu disco mais recente, “Moment of Forever”, o compositor incluiu gravações dos sons de seus cavalos. Um registro de sua vida em comunhão com a natureza.

Clique no link abaixo e confira a entrevista na íntegra.

Join the Discussion

Your email address will not be published. Required fields are marked *

  • arrow