Pais comemoram a “liberdade” no primeiro dia de aulas dos filhos. Pode isso? – Tudo do Bem

Pais comemoram a “liberdade” no primeiro dia de aulas dos filhos. Pode isso?



Ah, as férias. Tempo de curtir cada momento com as crianças, fortalecer laços familiares e criar lembranças que ficarão para sempre na memória de nossos filhos. Mas é inegável que, ao final da maratona de brincadeiras e passeios, qualquer pai e mãe fica morrendo de vontade de curtir a solidão e o silêncio proporcionados por uma casa vazia. Santo primeiro dia de aula!

CONHEÇA E CURTA O TUDO DO BEM NO FACEBOOK

Pois bem. Bastou chegar o final das férias de verão nos Estados Unidos para que as redes sociais fossem inundadas por imagens de pais e mães celebrando a sua “alforria”. Para alguns, nada mais justo. Para outros, uma tremenda falta de noção.

Nós, aqui do TUDO DO BEM, preferimos encarar a situação com uma dose extra de leveza. Só é bom não exagerar na comemoração, claro.

Fique com algumas das imagens garimpadas pelo site “A Plus” nas redes sociais.

VEJA TAMBÉM: Depois de ser atropelado, coiote roda 30 km preso em carro. E sobrevive

VEJA TAMBÉM: 10 fotos mostram a rotina de famílias que vivem com vários pets

VEJA TAMBÉM: Pesquisadores salvaram borboletas raras antes da chegada do furacão Irma

Veja também

+ Golden retriever obeso é abandonado, ganha nova família e perde 45 kg

+ Artista recria rostos de imperadores romanos

+App permite testar melhor design de sobrancelhas para você

+McDonald’s vende molho especial pela primeira vez no Brasil

+ No Twitter, aparecem fotos do navio que transportou nitrato de amônio para Beirute

+ Dicas fáceis de como limpar panela queimada

+ 5 minissuculentas que vão trazer muito charme à sua casa

+ Saiba mais sobre a vacina BCG, uma das mais importantes da infância

+ 4 passos fáceis para limpar o espelho com produto caseiro

+ Sylvester Stallone coloca seu Cadillac Escalade personalizado à venda; confira!

+ Veja cinco coisas que provocam mau cheiro em cães e saiba como combatê-las

+ Fazer o bem alivia dores físicas e mentais, aponta estudo

  • arrow